Inclusão de crianças autistas no esporte de Fernandópolis é tema de palestra

Iniciativa surgiu por meio da parceria entre a SMEL e a clínica Ceame

Inclusão de crianças autistas no esporte de Fernandópolis é tema de palestra

A cidade de Fernandópolis vem desenvolvendo nos últimos anos um trabalho intensivo de aperfeiçoamento e incentivo a inclusão das pessoas com o transtorno do espectro autista nos mais variados tipos de atividades coletivas. Na manhã desta sexta-feira, 16, a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer – SMEL-, promoveu em parceria com a Clínica Ceame, uma palestra sobre o tema com todos os professores do programa ‘Bom de Escola, Bom de Esporte’.

O principal objetivo foi apresentar todos os modelos de ações que devem ser adotadas pelos profissionais para incentivar e acolher as crianças autistas dentro dos programas esportivos desenvolvidos pela Prefeitura de Fernandópolis. “O esporte é uma grande ferramenta de inclusão e a atual administração está trabalhando muito neste sentido. Fico feliz em observar o entusiasmo dos nossos professores e técnicos com o assunto”, destacou o secretário de Esportes, Humberto Cáfaro.

Os palestrantes Marcela Rodrigues, terapeuta ocupacional, Larissa Sanches, psicóloga, Lauren Gomes, psicopedagoga e Bruno Henrique, fisioterapeuta, falaram sobre o sistema de integração sensorial, a importância sobre a forma de identificação das crianças, os exemplos de sucesso da inclusão de crianças autistas em atividades esportivas e o bem proporcionado na saúde física e mental.

As experiências de sucesso foram iniciadas em maio de 2023 em Fernandópolis, com a inclusão de crianças autistas na Corrida Histórica e recentemente com um grande número de participantes na Corrida comemorativa de aniversário do 16º BPM/I. O município de Fernandópolis também foi um dos pioneiros ao implantar o programa ‘Luz Azul’ com a realização de acompanhamento e palestras sobre o tema e um trabalho cuidadoso junto aos profissionais da Rede Municipal de Ensino.