Atendimento: das 8h00 às 17h00 - Rua Bahia, 1264 - Centro - CEP: 15600-070 (Paço Municipal) - Fone: (17) 3465-0150

Escolas municipais recebem gibis para auxiliar no processo de ensino e alfabetização

Secretaria Municipal De Educação - 05/09/2019

f1da4d5edd206e0fefcc7fccda10182dfoto-1.jpg

Começaram a chegar nas unidades educacionais da rede pública municipal de Fernandópolis as assinaturas de gibis e galileu adquiridos para as escolas do Fund. O material será entregue em todas as EMEFs e na EMEFA Melvin Jones.  

As histórias em quadrinhos contribuem para despertar o interesse pela leitura e pela escrita nas crianças e para sistematizar a alfabetização. Como as HQs em geral unem palavra e imagem, elas contemplam tanto alunos que já leem fluentemente quanto os que estão iniciando, pois conseguem deduzir o significado da história observando os desenhos.

“A curiosidade em saber o que está escrito dentro dos balões cria o gosto pela leitura e, assim, os gibis podem ter grande eficácia nas aulas de alfabetização. Podemos notar ainda que entre os elementos que se reconhecem como mais atrativos para as crianças nas histórias em quadrinhos estão aspectos lúdicos, como cores, onomatopeias, personagens e traços”, comentou secretária de Educação, Lucimara Rossato.

Os benefícios da história em quadrinhos para a educação, em particular no ensino fundamental e na alfabetização, são oficialmente reconhecidos. As HQs fazem parte do Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE), que possibilita a professores e alunos o acesso a obras distribuídas em escolas públicas. Os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) também incentivam o uso de quadrinhos e indicam que nas bibliotecas é necessário que estejam à disposição dos alunos textos dos mais variados gêneros (livros de contos, romances, jornais, quadrinhos, entre outros). O PCN lista ainda a HQ como um gênero adequado para o trabalho com a linguagem escrita.