Atendimento: das 8h00 às 17h00 - Rua Bahia, 1264 - Centro - CEP: 15600-000 (Paço Municipal) - Fone: (17) 3465-0150

Funcionários públicos municipais doam sangue para reforçar estoque no Hemocentro

Secretaria Municipal de Comunicação - 13/11/2017

77729e42c88685c8d39e5ddf5b01451ddoacao1.jpg

Unidade precisa coletar mais de mil bolsas por mês para suprir demanda, número está bem abaixo da média

Doar sangue é um ato de solidariedade. Cada doação pode salvar a vida de até quatro pessoas. E foi com este pensamento e com o objetivo de colaborar com o Núcleo de Hemoterapia de Fernandópolis, que secretários municipais e a equipe da SECOM (Secretaria Municipal de Comunicação) compareceram no Hemocentro na manhã desta segunda-feira, 13. 

Após exames e entrevistas, os servidores passaram pelo processo da doação, alguns pela primeira vez, outros que já são doadores assíduos. A iniciativa faz parte das ações do mês do doador de sangue, comemorado em 25 de novembro. O objetivo da data é homenagear e reconhecer a importante contribuição dos doadores de sangue que diariamente ajudam a salvar vidas em todo o país e estimular a população a doar sangue a fim de reforçar os estoques para o final de ano.

Nessa época, com as férias e as festas de Natal e Ano Novo, aumenta a demanda de sangue por conta de um maior número de acidentes de trânsito. Além disso, com mais pessoas em férias, caem as doações.

Em Fernandópolis, segundo informações dos profissionais do Hemocentro, que atende cerca de 50 municípios, a coleta necessária para suprir toda demanda seria de 1.000 a 1.200 bolsas por mês, o que na realidade está bem abaixo da média, pois a coleta mensal varia em torno de 650 bolsas. Com o estoque em baixa, a unidade, por inúmeras vezes, precisa buscar bolsas de sangue em demais hemocentros do Estado.

Doador pela primeira vez, o secretário de Comunicação, Paulo Boaventura destacou que atendeu ao chamado da Campanha por entender a importância da ação. “É uma atitude louvável. É um gesto bonito de solidariedade e que, por sermos gestores, nossas ações acabam sendo espelho para um segmento significativo da sociedade, que está sendo incentivada a comparecer ao Hemocentro e doar. Por isso fiz questão de estar aqui com toda minha equipe”, observa.

Para o ouvidor Edmar Oliveira é importante criar a cultura da doação de sangue e reforçar sua importância, tornando-a um hábito na vida do cidadão. “Doar sangue é um gesto nobre, onde podemos salvar vidas, ajudamos sem saber quem estamos ajudando”, diz.

Segundo o chefe de Gabinete, Rodrigo Ortunho, é importante que a população possa se mobilizar e se tornar doadora assídua do Hemocentro. “É daqui que sai o sangue que abastece as pessoas de nossa cidade e toda região. Mais do que um gesto de humanidade, é um gesto de solidariedade”, comentou.

QUEM PODE

Há critérios que permitem ou que impedem uma doação de sangue, que são determinados por normas técnicas do Ministério da Saúde, e visam à proteção ao doador e a segurança de quem vai receber o sangue.

Para fazer a doação é necessário:

- Levar documento oficial de identidade com foto (identidade, carteira de trabalho, certificado de reservista, carteira do conselho profissional ou carteira nacional de habilitação);

- Estar bem de saúde;

- Ter entre 16 (dos 16 até 18 anos incompletos, apenas com consentimento formal dos responsáveis) e 69 anos, 11 meses e 29 dias;

- Pesar mais de 50 Kg;

- Não estar em jejum; evitar apenas alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação.

RECOMENDAÇÕES PARA O DIA DA DOAÇÃO:

- Nunca vá doar sangue em jejum

- Faça um repouso mínimo de 6 horas na noite anterior a doação

- Não tome bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores

- Evite fumar por pelo menos 2 horas antes da doação

- Evite alimentos gordurosos nas 3 horas antes da doação

INTERVALOS PARA DOAÇÃO

- Homens: 60 dias (até 4 doações por ano)

- Mulheres: 90 dias (até 3 doações por ano)

HORÁRIO DE ATENDIMENTO

O Hemocentro de Fernandópolis fica aberto de segunda à sexta das 07h30 às 17h30, com exceção às quartas-feiras, em que a unidade atende até às 19h. Aos sábados aberto até às 12h.