Atendimento: das 8h00 às 17h00 - Rua Bahia, 1264 - Centro - CEP: 15600-000 (Paço Municipal) - Fone: (17) 3465-0150

Fernandópolis cria o programa ‘Prefeito e agentes mirins’

Ouvidoria - 10/10/2017

adf7ef6e97bd427621d49e857fb306dcfoto1.jpg

Crianças vão participar de um concurso para a escolha do prefeito, vice-prefeito, secretários municipais e vereadores

A Prefeitura de Fernandópolis inicia neste mês de outubro o programa “Prefeito e agentes mirins”, realizado por meio da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, em parceria com as secretarias de Educação e Comunicação. O decreto que autoriza o início das atividades foi assinado nesta terça-feira (10), no gabinete do prefeito André Pessuto.

O ouvidor municipal de Fernandópolis e coordenador da Defesa Civil, Edmar de Oliveira, explicou que o programa é inovador e tem como objetivo principal estimular as crianças para as boas práticas de gestão pública e o interesse para as ações políticas, despertando ainda o conhecimento do sistema público municipal, seu funcionamento e suas ações em benefício da população. “Quando apresentei a ideia ao prefeito André Pessuto, ele abraçou prontamente o programa e tenho certeza que este trabalho trará bons frutos”, destacou.

O presidente da Câmara de Vereadores Étore Baroni exaltou o programa e disse que ele servirá para mostrar à criança uma política diferente da que o país vive no cenário nacional atualmente. “Temos feito um trabalho com união e harmonia e a Câmara participa de tudo o que traz benefícios para Fernandópolis. Com a nossa parceria neste trabalho com as crianças, elas terão condições de fazer uma política ainda melhor no futuro. Quero parabenizar a Defesa Civil e a Prefeitura pela iniciativa”, disse. Além do presidente, estavam presentes os vereadores: Neide Garcia, Murilo Jacob, Aparecido da Silva, João Pedro Siqueira, Gilberto Vian, Janaina Balieiro, Salvador de Castro e Antônio Finoto.

O prefeito André Pessuto também destacou a parceria entre Prefeitura e Câmara de Vereadores. “Temos feito uma gestão compartilhada e com isso conseguimos benefícios para a cidade. Nesse momento de descrédito da política, este programa vem trazer à criança conhecimento com relação à vida pública de Fernandópolis e mostrar que aqui trabalhamos diferente, unindo ideias para trilhar caminhos melhores para a sociedade”.

 

COMO SERÁ:

As crianças do quarto ano do ensino fundamental da rede municipal são o público-alvo do programa. Elas vão participar de um concurso realizado pela Defesa Civil municipal para a escolha do prefeito, vice-prefeito, secretários municipais e vereadores (presidente, vice-presidente e 1º e 2º secretário da Câmara de Vereadores).

Os alunos eleitos neste programa terão seus mandatos em vigor por período de 12 meses a contar da posse, que ocorrerá no dia 19 de dezembro, em sessão solene extraordinária na Câmara de Vereadores “Palácio 22 de Maio Prefeito Edson Rolim”, quando serão empossados todos os eleitos.

O prefeito mirim, enquanto representante das crianças na atual gestão, poderá acompanhar o prefeito, assim que for convidado, para eventos, ações, visitas técnicas e reuniões públicas. Duas vezes por ano o prefeito mirim poderá despachar direto do gabinete, acompanhando o prefeito oficial nas ações cotidianas. As datas serão sempre no mês de outubro, durante a semana da criança e dezembro, período natalino.

Os secretários mirins e vereadores terão acesso e conhecimento de cada secretaria e cargo. Eles também acompanharão os secretários e vereadores assim que forem convidados para eventos, ações, visitas técnicas e reuniões públicas. Assim como o prefeito mirim, eles também deverão, no final do mandato, elaborar um relatório técnico de toda sua participação, propostas, sugestões e experiência no cargo.

Os vereadores mirins deverão acompanhar duas vezes por ano as sessões da Câmara de Vereadores, apresentando projetos que poderão ser apreciados pelos vereadores e votados em plenário. As sessões deverão ser indicadas e marcadas pelo presidente do legislativo.    

 

Seleção

Em atividade desenvolvida em sala de aula com os alunos do quarto ano, o professor irá propor que seja escrita uma carta destinada ao prefeito respondendo a seguinte pergunta: O que você faria para a cidade se fosse prefeito de Fernandópolis?Os professores escolherão em conjunto as melhores cartas da escola em quatro categorias: prefeito, vice-prefeito, secretários e vereadores.

As melhores cartas de cada escola, em todas as categorias, serão avaliadas por uma banca examinadora. O critério de escolha deverá seguir os cinco quesitos: melhor redação, melhor proposta, aluno com bom rendimento escolar e aluno com menos falta. Cada quesito valerá de 0 a 5 pontos. Aquele que somar mais pontos será o escolhido em cada categoria.

Para o desenvolvimento das cartas, os estudantes responderão às seguintes perguntas:

PREFEITO: O que você faria para a cidade se fosse prefeito de Fernandópolis?

VICE-PREFEITO: O que você faria para ajudar o prefeito na administração da cidade?

SECRETÁRIO: O que você faria se fosse secretário de........?

VEREADORES: Qual projeto de lei que você faria se fosse vereador?