Atendimento: das 8h00 às 17h00 - Rua Bahia, 1264 - Centro - CEP: 15600-000 (Paço Municipal) - Fone: (17) 3465-0150

‘SAMU nas Escolas’ faz primeiras palestras do ano em Fernandópolis

Secretaria Municipal De Saúde - 10/08/2017

76fc8b0e24a9c9d0eaa42696e63ca7b4foto-1.jpg

Profissionais da unidade desenvolvem diversas ações de prevenção e orientações na cidade e região

Conscientizar crianças e adolescentes sobre a importância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - 192 é a principal proposta do programa ‘SAMU nas Escolas’, reativado em Fernandópolis no início deste mês de agosto.   

Nesta nova etapa, o projeto é destinado em especial para adolescentes da rede pública estadual, que serão orientados sobre o funcionamento do SAMU, bem como os meios de acionar corretamente os serviços da unidade, noções de primeiros socorros e os danos causados pelos trotes telefônicos, ação que sobrecarrega o número de ligações e ocasiona o deslocamento de equipes para atendimento de ocorrências falsas, o que prejudica o trabalho dos profissionais socorristas.

Na primeira semana de orientações, muitos alunos tiraram suas dúvidas e demonstraram interesse pelos temas abordados. ‘O projeto ‘SAMU nas Escolas’ é uma ferramenta fundamental para reduzir os trotes. Nossa principal proposta é difundir as informações com os alunos para que se tornem multiplicadores dessas ideias entre os colegas”, comentou a coordenadora do SAMU, Rosimeire Hernandes.

SAMU EM AÇÃO

Além do atendimento de urgência e emergência, o SAMU Fernandópolis desenvolve um projeto de conscientização e orientação com a população. Recentemente, a base descentralizada de Ouroeste realizou um programa levando o treinamento às Unidades Básicas de Saúde e Pronto Socorro. A ação se estendeu também para os municípios de Guarani d&39;Oeste e Indiaporã.

A equipe SAMU também esteve presente na Elektro, participando com um simulado da Sipat (Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho); na ETEC, em uma visita técnica com os alunos que aprenderam noções de primeiros socorros, com uso de ambulâncias e no CEADS, realizando orientações práticas e teóricas às adolescentes estagiárias sobre Ovace e Crise Convulsiva.

Já nos municípios de Populina, Estrela d’Oeste e Turmalina foram realizados treinamentos com o tema PCR (Para Cardiorespiratória em Adulto), com base nas atualizações das diretrizes da American Heart Association, com a ministração de aulas teóricas e práticas, abordando a importância de um atendimento de qualidade para o paciente, de acordo com o protocolo de suporte básico e avançado de vida.