Atendimento: das 8h00 às 17h00 - Rua Bahia, 1264 - Centro - CEP: 15600-000 (Paço Municipal) - Fone: (17) 3465-0150

Dia da Luta Antimanicomial é comemorado com palestra em Fernandópolis

Secretaria Municipal De Saúde - 19/05/2017

45025188605180aa13288883394a3f7afoto.jpg

Profissionais abordaram o tema e apresentaram dispositivos de saúde do município

Médicos, enfermeiros, representantes do CMS (Conselho Municipal de Saúde) e equipes de saúde mental do município participaram nesta quinta-feira, 18, Dia Nacional da Luta Antimanicomial, de um encontro promovido pela Secretaria Municipal da Saúde através do CAPS II (Centro de Atenção Psicossocial), CAPS AD e NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família).

O evento, realizado na Câmara de vereadores, reuniu um grande número de participantes, tendo como principal proposta apresentar os dispositivos de saúde do município e preparar os profissionais da área, orientando-os como lidar com pacientes que possuem necessidades especiais em relação à saúde mental.

Durante toda a tarde, vários profissionais fizeram uso da palavra para explanar o tema, dentre eles a coordenadora do CAPS II, Paula Buzzato Gabriel; coordenadora do CAPS AD, Maíza Borges; coordenadora do CISARF, Dirce Azadinho; a psicóloga do CIS (Centro Integrado de Saúde), Mariele Queiroz Pereira; a representante da Unidade de Saúde do Jardim Por do Sol e professora da Universidade Brasil, Rosilene Pelegrini; a coordenadora do curso de Psicologia da FEF, Rádila Salles e a fisioterapeuta do NASF, Camila  

A IMPORTÂNCIA DA DATA

A proposta é usar este dia para destacar a luta pelos direitos das pessoas com sofrimento mental. Dentro desta luta está o combate à ideia de que se deve isolar a pessoa com sofrimento mental. O Movimento da Luta antimanicomial faz lembrar que como todo cidadão estas pessoas têm o direito fundamental à liberdade, o direito a viver em sociedade, além do direto a receber cuidado e tratamento sem que para isto tenham que abrir mão de seu lugar de cidadãos.